Casar, vida a dois, relacionamento…

Casamento…

casamento

Quando você é noiva, muitas pessoas querem te dar conselhos, dicas de como lidar com determinadas situações dentro do casamento…

Até que chega o grande dia, e bate aquele “medo” de como vai ser, como será a convivência. Sempre a primeira semana de casamento é meio estilo “conto de fadas” rsrs… tudo lindo, romântico em lua-de-mel e parece que tudo são flores. A viagem acaba, o casal chega em casa e a vida a dois começa. Adaptar-se na rotina de trabalho dos dois, organizar todas as suas coisas que vieram da casa de seus pais, pilhas de presentes para colocar em ordem… e cada um com suas “bagagens”, costumes, seu modo de fazer as coisas, de organizar a casa, aí os costumes se chocam e as primeiras dificuldades começam a aparecer. Isso é um sinal de que? É sinal de que o casamento é uma fase sem fim de adaptação. E convivência. E amor.

Oque eu tenho aprendido nessa vida de mulher, dona de casa e esposa? Vou compartilhar com vocês…

Casamento é 100% convivência. E é totalmente diferente de morar sozinha, com as amigas ou com os pais. A pessoa estará o tempo todo ali, com você nos momentos alegres, tristes, nas crises de tpm, nas dificuldades, nos sonhos, planejamentos.

Casamento é dividir. Dividir a casa, a cama, o espaço no guarda-roupa, as tarefas, as contas. Ajudar sem problemas quando precisar, sem aquilo de “ah, eu que comprei, isso é meu, não vou dividir” ou “é meu dinheiro, meu carro, etc.”. Você divide, ajuda; pois vocês dois são uma só carne, uma só pessoa, um só corpo. E um corpo não pode se dividir.

Casamento é tolerância. Tolerar é suportar com amor. Tolerar o prato que ele deixa em cima da mesa, a roupa jogada no sofá, quando ela está de tpm e fica nervosa ou chora à toa. Perceber quando seu cônjuge está em um momento complicado ou simplesmente esqueceu de fazer algo e não levar para uma discussão, mas colaborar, tentar entender e ajudar.

Casamento é amizade. Sim, amizade. Li uma vez que o casamento onde marido e mulher são amigos, a felicidade é maior. Tenha seu cônjuge como seu amigo, ele/ela sempre estará ao seu lado em todos os momentos, passem momentos tranquilos juntos, vão a lugares que gostam, andem de mãos dadas, se divirtam juntos. Sejam amigos.

Casamento é um eterno aprendizado. Cada dia existem coisas novas para se aprender. E é necessário investir no relacionamento com seu cônjuge todos os dias. Conheça um pouco mais do seu amado todos os dias. Você nunca deve parar de aprender sobre isso. Não deixem de buscar a Deus e que Ele abençoe seu casamento cada dia mais e mais.

Anúncios

Case-se com um homem #5

Mês dos Namorados… E vamos para a última parte do “Case-se com um homem”

casamento

Vamos lá apaixonadas!

Por fim, mas não menos importante, case-se com um homem que te ame em detalhes. Nos cartões das flores, na careta da face, na camisa cafona que a sua mãe deu de presente, na vez em que ele percebeu que você tinha cortado o cabelo antes de você falar, nos pedidos de comida às duas da madrugada quando ele percebe que você tá morrendo de fome e que sai desesperado para comprar um remédio porque você comeu demais… Case-se com quem te faça sentir que esse texto é pouco pra falar dele e te faça vontade de continuar a escrevê-lo, mesmo que você não seja lá muito boa com palavras, mesmo que você só saiba definir o que sente por ele como amor.

Case-se com um homem #4

casamento

Deseje um cara que seja louco. Não por você, mas pela vida. Gente louca pela vida gosta de explorar o mundo, a cidade, a rua de cima, o novo restaurante japonês da Liberdade e tudo mais. Gente que é louca pela vida entende bem de liberdade, companheirismo, amizade e todos esses sentimentos que só quem gosta de viver entende. Além disso, te garanto que gente assim tem um ótimo papo, e gostam de conversar com você, de te fazer aprender muitas coisas novas. Daqueles que não contam vantagem e ainda desenham na sua cabeça as cenas todas que alguém com muita paixão já viveu. Daqueles que fazem você se apaixonar sempre que falam da forma com que o mundo deles mudou desde que você chegou. Aquele que faz que você se apaixone pela vida e por tudo que ela oferece.

Case-se com um homem #3

 

casamento

Queira um cara que vá se emocionar quando vê-la entrando na igreja. E que se emocione com você de pijama acordando. Que te ache linda independente do seu manequim e que se orgulhe de você pelas suas conquistas do dia a dia, até aquelas pequenininhas como conseguir passar do primeiro dia da dieta. Case-se com um homem que vá rir de você quando você fizer um escândalo por ter quebrado a unha ou por ter furado o dedo pregando um quadro na parede. Ele tem que ser do tipo que sabe que você não precisa dele, e por isso mesmo que fica. Fica e vai ficando, vai se alojando no sofá, vai deixando a escova de dentes e quando você for ver, ele vai ter aprendido alguma receita no Google pra tentar te impressionar. Valorize um homem pelo esforço dele, não só pelo resultado final. Você vai perceber que um homem que se esforça pra te ver feliz é um homem que vale mais do que qualquer Encantado que a Disney tentou te vender como homem perfeito. Desconfie de um cara sem defeitos. E aprenda: tipos perfeitos como os dos livros infantis não existem. O que existe são homens que, ao seu modo, conquistam você e fazem pender a balança pro lado das qualidades, enquanto você aprende a lidar com os defeitos.

Case-se com um homem #2

casamento
Case-se com um homem que te desperte. Da cama, do medo, dos pesadelos. Que te beije na testa com ternura e faça cafuné, mesmo sabendo que você odeia que enrolem o seu cabelo. Um homem desses que despenteiam, desses que deixam uma bagunça gostosa no meio campo. Queira um homem, um cara, um rapaz, seja lá o seu termo preferido, que tenha um olhar que não te atravesse. Alguém que vai olhar pra você e ver quem você é sem construções idealizadas ou suposições construídas na fantasia. Sem olhares que atravessam e se desviam, que não encontram os seus olhos e caminham pelo seu corpo. Escolha os olhos daquele que sustenta o mundo quando te olha. Ele tem que ser forte, e talvez a força dele seja essa de te ajudar a dividir o peso do mundo nas costas, de te ligar no almoço pra dizer que te ama e que nunca se esqueceu de ti.

Case-se com um homem #1

casamento
Case-se com um homem que deite no seu colo, de um jeito meio largado, meio descompensado, meio de quem pede ajuda porque o chefe é um mala e as coisas só dão certo porque ele tem você no fim do dia. Não escolha alguém que faz tudo por você, que vive por você, que atende todos os seus caprichos. Sabe por quê? Porque um cara desses deixaria de ser dele para ser seu, se esqueceria da vida dele para viver a sua; e, cá entre nós, você quer somar né? Ou quer alguém que viva por você, não COM você? Por isso mesmo é que você deve se casar com alguém que traga um novo mundo para juntar ao seu e para te mostrar como seus planetas podem ser desalinhados de uma forma bonita. E você, menina, vai precisar abrir sua mente e coração, e “entrar” no mundo dele, entender seus gostos, e, tenho certeza, ele vai se sentir muito valorizado e amado.
 

Casamento: Modo de Usar

É lindo demais!
Casamento: modo se usar.

Case-se com alguém que adore te escutar contando algo banal como o preço abusivo dos tomates, ou que entenda quando você precisar filosofar sobre os desamores de Nietzsche.
Case-se com alguém que você também adore ouvir. É fácil reconhecer uma voz com quem se deve casar; ela te tranquiliza e ao mesmo tempo te deixa eufórico como em sua infância, quando se ouvia o som do portão abrindo, dos pais finalmente chegando. Observe se não há desespero ou insegurança no silêncio mútuo, assim sendo, case-se.
Se aquela pessoa não te faz rir, também não serve para casar. Vai chegar a hora em que tudo o que vocês poderão fazer, é rir de si mesmos. E não há nada mais cruel do que estar em apuros com alguém sem espontaneidade, sem vida nos olhos.
Case-se com alguém cheio de defeitos, irritante que seja, mas desconfie dos perfeitinhos que não se despenteiam. Fuja de quem conta pequenas mentiras durante o dia. Observe o caráter, antes de perceber as caspas.
Case-se com alguém por quem tenha tesão. Principalmente tesão de vida. Alguém que não lhe peça para melhorar, que não o critique gratuitamente, alguém que simplesmente seja tão gracioso e admirável que impregne em você a vontade de ser melhor e maior, para si mesmo.
Para se casar, bastam pequenas habilidades. Certifique-se de que um dos dois sabe cumpri-las. É preciso ter quem troque lâmpadas e quem siga uma receita sem atear fogo na cozinha; é preciso ter alguém que saiba fazer massagem nos pés e alguém que saiba escolher verduras no mercado. E assim segue-se: um faz bolinho de chuva, o outro escolhe bons filmes; um pendura o quadro e o outro cuida para que não fique torto. Tem aquele que escolhe os presentes para as festas de criança e aquele que sabe furar uma parede, e só a parede por ora. Essa é uma das grandes graças da coisa toda, ter uma boa equipe de dois.
Passamos tanto tempo observando se nos encaixamos na cama, se sentimos estalinhos no beijo, se nossos signos se complementam no zodíaco, que deixamos de prestar atenção no que realmente importa; os valores. Essa palavra antiga e, hoje assustadora, nunca deveria sair de moda.
Os lábios se buscam, os corpos encontram espaços, mas quando duas pessoas olham em direções diferentes, simplesmente não podem caminhar juntas. É duro, mas é a verdade. Sabendo que caminho quer trilhar, relaxe! A pessoa certa para casar certamente já o anda trilhando. Como reconhecê-la? Vocês estarão rindo. Rindo-se.
Curta Mais seu amor.


O Sonho de se casar

Esse sonho sempre rondou a vida de muitos, muitos se realizaram… Muitos esperam realizar esse sonho!

A visão do casamento nos dias de hoje vêm sendo algo muito difundido em meio à sociedade, o conceito das pessoas sobre a moral sexual vem se tomando cada vez mais inculpe.

Casar é o sonho de praticamente todas as mulheres e também de grande parte da sociedade masculina.
No entanto, é importante que as pessoas tenham o conceito correto sobre o casamento, pois casar não é simplesmente assinar alguns papéis, mas sim fazer mudanças significativas na vida.
Conceito Correto sobre o Casamento:
O casamento é uma instituição familiar que Deus deu ao homem, a mulher deve respeitar seu papel dentro do lar, cuidando da casa, do marido e dos filhos, estando sempre sujeita a seu cînjuge.
O homem, por sua vez, tem de amar a esposa, dar a ela o devido respeito pelo qual ela merece, ajudar a cuidar dos filhos e entendê-la (ou pelo menos tentar) sempre.
Juntos, eles devem cultivar o amor no casamento e fazer as mudanças, largando um pouco dos familiares e dedicando-se exclusivamente um ao outro. O casamento é para sempre. Casou uma vez, tem de ser para sempre.